Up

Iniciando o mês das maiores festividades como podemos manter o projeto da boa forma e estilo de vida saudável e minimizar os prejuízos no final de ano? Vamos jogar fora todo esforço realizado ao longo do ano? Não! Tem confraternização do trabalho, almoços e jantares dos amigos e familiares que não estarão presentes na ceia de Natal… e o pior, são eventos que ocorrem durante a semana, de segunda à quinta-feira, e o final de semana ainda estará por vir.

Além de aumentarmos a nossa ingestão calórica com a oferta de preparações elaboradas e bebida alcóolica nas festividades, costumamos reduzir a prática esportiva para estar presente nos eventos e para a compra dos presentes. Mas como podemos manter o equilíbrio entre não abandonar os nossos projetos (estilo de vida saudável, boa forma, barriga negativa, performance esportiva e etc…) e participar dos eventos?

1 – Encontre um horário para realizar exercício físico

Não deixe de treinar. Ajuda a diminuir o estresse do dia. Precisamos fazer o contrário, aumentar o nosso gasto calórico, já que iremos comer e beber mais do que o habitual. Aumente mais um dia de atividade física. Para aqueles que possuem acompanhamento individualizado converse com o seu treinador para adequar os treinos. Aproveite os dias mais claros e mais longos para fazer exercício.

2 – Entre as festas de confraternizações mantenha o seu planejamento alimentar

Siga a sua rotina de alimentação, organize a sua semana, a compra dos alimentos\lanchinhos, já haverá muitas exceções, portanto organize os demais dias. Se o evento é à noite, mantenha o controle ao longo do dia até o momento do evento e faça negociações. Retome o programa alimentar como se nada estivesse acontecido. Volte ao controle e a organização.

3 – Beba com moderação, lembrando que 1g de álcool possui 7 kcal

Uma lata cerveja (350ml) tem : 150kcal, e uma taça de vinho tinto (175ml): 140 kcal. Intercale a ingestão de bebida alcóolica com água. Cuidado com os petiscos de bar, evite as frituras, dando preferência a: espetinhos, brusquetas, carpaccios, ceviches, sanduiche de filé, caldinho de feijão, filé aperitivo

4 – Tente comer devagar, mastigando e degustando bem os alimentos

Existe uma comunicação entre o estômago e o cérebro que leva em torno de 15 a 20 minutos para sentirmos saciado. Lembrando que o prazer está na boca, quanto maior o tempo de contato do alimento na boca e na língua\papilas gustativas, maior é a sensação de prazer!

5 – Não “tire férias” do seu treinador e da sua nutricionista

Eles serão grandes aliados para minimizar os estragos das datas festivas. As comemorações de final de ano precisam ser negociadas, pois as datas realmente especiais ainda estarão por vir. A última semana do ano possui três encontros bem especiais, a ceia do dia 24, almoço de natal e ceia\ festa de virada de ano. Nestes eventos a comida possui simbolismo e tradições familiares, são preparações especiais feitas carinhosamente, portanto nestes dias é que devemos aproveitar e comer o que realmente gostamos, mas sempre com moderação e sem culpa.


ABOUT THE AUTHOR
Cris Perroni

Cris Perroni

Especialista em Nutrição Clínica, Nutrição Esportiva, Performance Humana e Emagrecimento. Trabalha com consultoria e assessoria na área de nutrição. Elaboração de Texto e Assessoria em Nutrição para o Site Eu Atleta. Nutricionista da Assessoria Esportiva de Corrida Equipe Filhos do Vento